SEO Local: O que é e quais são os principais fatores de rankeamento

SEO Local: O que é e quais são os principais fatores de rankeamento

Você já ouviu falar em SEO local?

Pessoas que fazem buscas por negócios locais nos buscadores (Google, Bing, etc) querem encontrar informações sobre aquele negócio rapidamente.

Elas fazem isso por quererem mais detalhes sobre o produto ou serviço daquele local, além de procurarem por avaliações de outros clientes para verificarem se aquela empresa é segura, confiável, etc.

Sendo assim, se você investir em SEO local, sua empresa aparecerá sempre no topo e em buscas relacionadas.

Por isso, é essencial que você aprenda os fatores de rankeamento para buscas locais, para assim melhorar sua posição.

Seja você um dono de restaurante, hotel, lojas de roupas, etc, saiba que você pode atrair mais clientes otimizando seu negócio com SEO local.

Mas, a verdade é que esse assunto ainda é pouco conhecido pelos mais diversos tipos de empreendedores. O que significa que quem começar agora sairá na frente da concorrência.

Pensando nisso, resolvi criar esse artigo que mostra quais são as principais métricas de rankeamento no SEO local.

O que é SEO local e como funciona?

SEO local pode ser entendido como um aglomerado de estratégias de otimização voltados para buscas locais.

Dessa forma, o usuário que buscar por estabelecimentos em uma região encontra os resultados mais relevantes.

Como no SEO normal, o Google e os demais buscadores também levam em consideração alguns fatores para determinarem o posicionamento.

Se uma pessoa busca por “restaurantes no centro de São Paulo”, o Google não apenas mostra os principais resultados no topo da página, mas também em um preview do Google Maps, apontando restaurantes e seus endereços.

SEO Local: Os 4 principais fatores de rankeamento

De acordo com uma pesquisa da Moz, o fator mais importante na hora de determinar o posicionamento em uma busca local é o Google Meu Negócio.

Com isso mente, agora é a hora de nos aprofundarmos mais nessa e nas demais métricas.

1 – Google Meu Negócio

Pode-se dizer que o Google quer transformar o Google Meu Negócio no assistente ideal para buscas locais.

E, antes de continuar no assunto, é importante falar que o SEO local não está focado em gerar tráfego para o seu site, até mesmo porque, com o Google Meu Negócio, você sequer precisa ter uma página online.

Além disso, o objetivo dessa empreitada do Google não é levar seus usuários para outras páginas, mas sim mantê-los no buscador e apresentar as informações sobre negócios locais ali mesmo.

Dessa forma, a experiência de busca é mais rápida e direta.

No SEO normal, o objetivo sempre foi levar o visitante para uma página e convertê-lo em cliente lá dentro. Já dessa forma, a lógica é mostrar logo ao usuário o que ele busca e enviá-lo até seu estabelecimento.

O Google Meu Negócio possui várias informações que precisam ser preenchidas, então é seu dever dar atenção a todas.

Cada detalhe conta na hora de se posicionar no topo.

2 – Links para o site

Links são essenciais no SEO, pois uma página que é mencionado em muitas outras páginas é enxergada como uma autoridade. Logo, é mais relevante para os usuários e aparece no topo do buscador.

No SEO local não é diferente. E quando um negócio recebe links de sites locais relevantes (como portais de turismo, blogs locais, etc), o Google identifica isso como um fator ainda mais forte.

3 – Reviews de clientes

Como você já deve saber, a opinião de clientes é de grande importância para a imagem da sua marca e a aquisição de novos consumidores.

Essas opiniões mostram se o seu estabelecimento é realmente eficaz naquilo que faz. Para o Google, isso também é importante.

O buscado leva em consideração notas e comentários deixados no Google Meu Negócio e plataformas como Facebook e TripAdvisor.

4 – Sinais comportamentais

Infelizmente, um dos fatores de rankeamento mais importantes não depende totalmente de você.

Esses são os fatores comportamentais.

Coisas como quantas pessoas pesquisaram por seu estabelecimento e clicaram no site são levadas em consideração.

O Google entende isso como o nível de engajamento dos usuários com sua empresa.

.

.

.

Então, esses são alguns fatores de rankeamento em SEO local que você precisa entender para ficar no topo dos buscadores.

Lembre-se que nem todo mundo está aproveitando essa estratégia da maneira certa. Por isso, dê atenção a esse detalhe e consiga atrair mais clientes e sair na frente da concorrência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *